O ensaio de vedação facial é um método capaz de assegurar uma selagem inicial adequada para a proteção respiratória eficiente, visto que as falhas de vedação contribuem significativamente para reduzir o fator de proteção atribuído a um respirador. De acordo com os requisitos da Instrução Normativa nº 01 do Ministério do Trabalho, de 11 de abril de 1994, exige-se que todo usuário de respirador seja inicialmente submetido a um ensaio de vedação facial a fim de garantir que o equipamento selecionado se ajuste bem ao rosto e proporcione o nível de proteção requerido.
O ensaio de vedação é também uma ferramenta bastante útil em treinamentos ao usuário para ilustrar a importância do ajuste correto do respirador e da verificação de vedação no uso diário através dos testes de pressão positiva e negativa.