O PPRA ou Programa de Prevenção de Riscos Ambientais permite que empresa e colaboradores trabalhem em conjunto para identificar, evitar e/ou controlar situações que exponham o trabalhador a riscos diretamente relacionados ao ambiente de trabalho.

Desta forma, a empresa oferece um espaço seguro para que os colaboradores desempenhem suas tarefas com satisfação e qualidade.

O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais considera riscos que abordam agentes físicos como ruído, vibrações e temperatura; agentes químicos como poeiras, gases e vapores; e agentes biológicos como bactérias, fungos e vírus.

O PPRA deve contemplar, no mínimo, o planejamento anual; estratégias e metodologias de ação; registro, manutenção e divulgação dos dados; e avaliação do desenvolvimento.

As fases do PPRA são (1) antecipação e reconhecimento dos riscos; (2) estabelecimento das prioridades e metas de avaliação e controle; (3) avaliação dos riscos e exposição dos trabalhadores; (4) implantação de medidas de controle; (5) monitoramento dos riscos; (6) registro e divulgação dos dados.